Você está aqui: INPE / Divisão de Astrofísica /

Divisão de Aeronomia

Divisão de Aeronomia

Sobre a Divisão de Aeronomia


Coordenação-Geral de Ciências Espaciais e Atmosféricas - CGCEA
Divisão de Aeronomia - DIDAE


A Divisão de Aeronomia (DIDAE) é parte integrante da Coordenação Geral de Ciências Espaciais e Atmosféricas (CGCEA) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). As atividades da DIDAE englobam pesquisa, pós-graduação, assessoria e divulgação em assuntos de Aeronomia. A aeronomia é a Ciência que estuda as propriedades físicas e químicas da alta atmosfera e na DIDAE as atividades estão direcionadas para 4 linhas de pesquisa:

ACATMOS - Acoplamento Eletrodinâmico Atmosférico e Espacial ACATMOS - Acoplamento Eletrodinâmico Atmosférico e Espacial
Dra. Eliah Fernanda São Sabbas
Estuda os Eventos Luminosos Transientes (ELTs), dos quais os Sprites são os mais conhecidos, e as Emissões de Alta Energia de Tempestade (ALETs), como Raios Gama e Nêutrons, que sinalizam o acoplamento eletrodinâmico de todas as camadas atmosféricas e do Sistema Atmosférico com a região de espaço próximo à Terra.
FISAT - Física da Alta Atmosfera FISAT - Física da Alta Atmosfera
Dr. Paulo Prado Batista
Desenvolve pesquisas sobre a química e a dinâmica da alta atmosfera neutra.
IONO - Ionosfera IONO - Ionosfera
Dra. Inez Staciarini Batista
Desenvolve pesquisas teóricas e experimentais sobre o comportamento da atmosfera ionizada em diferentes regiões do Brasil.
LUME - Aeroluminescência LUME - Aeroluminescência
Dr. Delano Gobbi
Estuda as emissões de luz da alta atmosfera e as utiliza para o estudo da atmosfera neutra e ionizada sobre o Brasil.

Projetos

EQUARS

Equatorial Atmosphere Research Satellite

Dr. Delano Gobbi
Monitoramento global da atmosfera na região equatorial, enfatizando processos dinâmicos, fotoquímicos, e mecanismos de transporte de energia entre a baixa, média e alta atmosfera e ionosfera.
Clima Espacial

Clima Espacial

EMBRACE
Monitoramento do ambiente do espaço Sol-Terra, a magnetosfera, a atmosfera superior e os efeitos de correntes induzidas no solo para prever possíveis influências nas atividades tecnológicas e econômicas.

Notícias

Imagem Plataforma de laboratório virtual do INPE é testada com banco de dados do EMBRACE e do CEMADEN

Plataforma de laboratório virtual do INPE é testada com banco de dados do EMBRACE e do CEMADEN

O Laboratório Associado de Computação e Matemática Aplicada (LABAC), do INPE, desenvolveu um protótipo de uma plataforma, chamada de ...

Imagem Oportunidade para Bolsa na Divisão de Aeronomia - Projeto Tecnologia GNSS no suporte à navegação aérea

Oportunidade para Bolsa na Divisão de Aeronomia - Projeto Tecnologia GNSS no suporte à navegação aérea

Vaga para bolsista TT-4A FAPESP (R$ 5.087,20) para atuar no projeto “Tecnologia GNSS no suporte à navegação aérea” na Divisão ...

Imagem Temporada de detecção de sprites com a Rede LEONA bate recorde de noites com observação

Temporada de detecção de sprites com a Rede LEONA bate recorde de noites com observação

Pesquisadores do grupo Acoplamento Eletrodinâmico Atmosférico e Espacial (ACATMOS), liderado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), registraram diversos sprites sobre ...